Abertura da economia divide opiniões.

30/09/2014

Veja Também

Maior proteção no comércio internacional ou, em uma via completamente oposta, maior abertura da economia. De um lado, economistas afirmam que a recuperação da indústria não poderá ocorrer apenas com incentivos e desonerações, sendo necessário aumentar as tarifas de importação e também de exportações, estas para commodities, o que poderia desvalorizar o real. Na contramão, outros defendem a necessidade de novos acordos comerciais, principalmente com Estados Unidos e União Europeia.

Maria da Conceição Tavares e Luiz Carlos Bresser-Pereira são economistas que estão na defesa de uma maior tributação das importações de manufaturados. Luís Oreiro se diz contrário a medidas que considera protecionistas, assim como Sandra Rios. 

Fonte: Valor Econômico