BNDES deve liberar R$ 7 bi a usinas.

22/10/2014

Veja Também

O chefe do Departamento de Biocombustíveis do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Carlos Eduardo Cavalcanti, afirmou ontem, em evento promovido pela consultoria Datagro na capital paulista, que neste ano os desembolsos do banco de fomento ao segmento sucroalcooleiro deverão alcançar - ou superar - a marca de R$ 7 bilhões, ante R$ 6,9 bilhões em 2013.

Segundo Cavalcanti, o lançamento de programas de inovação industrial e agrícola (PAISS e PAISS Agrícola) destinados ao segmento foi fundamental para manter firme a demanda por recursos do banco. "Isso mostra que o setor não está parado. Está investindo mais em tecnologia", afirmou o executivo do BNDES.

Ele disse que a busca de eficiência, que passa pela inovação agrícola e industrial, é a única saída para o segmento, cuja curva de crescimento de produtividade chegou ao limite. "O etanol celulósico e o desenvolvimento de uma cana transgênica podem ser uma quebra de paradigma em produtividade", afirmou.

Fonte: Valor Econômico