Brasil pretende abrir contencioso contra Índia no açúcar, diz Maggi

12/12/2018
A intenção é questionar os subsídios dados pelo governo indiano à produção açucareira do país. Segundo Maggi, a situação atrapalha as exportações do produto brasileiro (Foto: Thinkstock)

Veja Também

O Brasil pretende iniciar consultas para abrir um contencioso contra a Índia na Organização Mundial do Comércio (OMC). Foi o que resolveu em reunião, nesta terça-feira (11/12) a Câmara de Comércio Exterior (Camex), de acordo com informação compartilhada pelo ministro da Agricultura, Blairo Maggi, em grupos de rede social.

A intenção é questionar os subsídios dados pelo governo indiano à produção açucareira do país, que também é uma das maiores do mundo. Segundo Maggi, a situação atrapalha as exportações do produto brasileiro, maior player no mercado global da commodity e que tem sofrido também com salvaguarda importa pela China nesse mercado.

Ainda de acordo com o ministro, a Camex discutiu o escopo das negociações de uma área de livre comércio entre o Mercosul e a Coreia do Sul. O diálogo entre as duas partes foi iniciado em maio deste ano e a expectativa à época era que as conversas se intensificassem neste segundo semestre.

O acordo envolve o comércio de bens, serviços, compras governamentais, propriedade intelectual, comércio eletrônico, investimentos, desenvolvimento sustentável e competição.

A Coreia do Sul é o 13º destino das exportações brasileiras e o quinto principal país de origem das importações. Os embarques brasileiros para o mercado sul-coreano são compostos principalmente de produtos básicos, como minérios, milho, soja e algodão, seguidos de manufaturados e semimanufaturados.

O Brasil importa da Coreia do Sul principalmente manufaturados, como máquinas, automóveis, plásticos, veículos para vias férreas, produtos farmacêuticos e  instrumentos de precisão.

Fonte: Globo Rural.