Comercialização de soja é retomada e cotações têm alta.

11/02/2015

Veja Também

As negociações de soja ganharam ritmo nos últimos dias, o que ajudou a impulsionar as cotações. Foi o que divulgou nesta segunda-feira (9/2) o Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (Cepea).

De acordo com a instituição, a valorização do dólar deixou o produto brasileiro mais atrativo para o mercado externo, dando impulso às negociações nos porto. Na sexta-feira, a moeda americana chegou a R$ 2,772, a maior cotação desde dezembro de 2004.

“Além disso, a demanda internacional também está aquecida, cenário comum nesta época do ano, quando os estoques brasileiros já estão razoavelmente abastecidos. O frio intenso nas regiões produtoras dos Estados Unidos também ajuda a reforçar a demanda por aqui”, informa o Cepea.

Diante do cenário, os preços reagiram na primeira semana de fevereiro. Na última sexta-feira (6/2), o indicador do Cepea que serve de referência para o mercado futuro brasileiro, com base no Porto de Paranaguá, fechou a R$ 62,35 a saca de 60 quilos, 2% a mais que na sexta-feira anterior.

O indicador da soja com base na média dos negócios do Paraná avançou 2,7% na mesma comparação. A cotação chegou a R$ 59,14 a saca na última sexta-feira (6/2). 

Fonte: Globo Rural