MILHO: USDA deve reduzir estoques finais dos EUA na safra 2014/15.

12/01/2015

Veja Também

Porto Alegre, 12 de janeiro de 2015 - O Departamento de Agricultura dos
Estados Unidos (USDA) divulga hoje, a partir das 15h (horário de Brasília) o
relatório de oferta e demanda de milho do país para o mês de janeiro. A
expectativa é de corte dos estoques finais da safra 2014/15.

Analistas e traders consultados por agências internacionais indicam que os
estoques finais devem totalizar 1,940 bilhão de bushels, abaixo dos 1,998
bilhão de bushels indicados em dezembro e à frente dos 1,236 bilhão de
bushels registrados ao final da temporada 2013/14.

O mercado trabalha com uma expectativa de safra recorde de 14,366 bilhões
de bushels em 2014/15, embora menor que os 14,407 bilhões de bushels indicados
em dezembro passado. Na safra 2013/14 o país colheu 13,925 bilhões de bushels
de milho.

Analistas indicam também que a área a ser colhida deve recuar dos 83,1
milhões de acres previstos em dezembro para 82,8 milhões de acres. Em
contrapartida, o mercado indica que pode haver um incremento na produtividade
média, que passaria dos 173,4 bushels por acre indicados em dezembro passado
para 173,5 bushels por acre, superando também a média de 158,8 bushels por
acre registrada na temporada 2013/14.

Para a safra global 2014/15, a projeção de analistas e traders aponta
para um recuo nos estoques finais frente ao mês passado, que passariam de 192,2
milhões de toneladas para 192,1 milhões de toneladas.

Estoques trimestrais na posição 1o de dezembro devem subir.

No relatório de estoques trimestrais, a expectativa do mercado é de que o
USDA aponte volumes de 11,161 bilhões de bushels na posição 1o de dezembro
de 2014, superando os 10,453 bilhões de bushels indicados na posição 1o de
dezembro de 2013. Em 1o de setembro, os estoques eram de 1,236 bilhão de
bushels.

Fonte: Safras e Mercaddo