Produção industrial registra terceira queda seguida em maio, mostra IBGE.

02/07/2014
A produção industrial brasileira recuou 0,6% em maio na comparação com abril.

Veja Também

A produção industrial brasileira recuou 0,6% em maio na comparação com abril. O resultado negativo representa a terceira queda seguida no índice divulgado mensalmente pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).No acumulado entre março e maio, a perda de produção da indústria soma 1,6%.

Na soma dos últimos 12 meses, o acréscimo de 0,2% em maio de 2014 mostra clara redução no ritmo de crescimento frente aos resultados verificados em março (2,0%) e abril (0,7%).

Na séries em ajuste sazonal, o resultado divulgado nesta quarta-feira (2) mostra o setor industrial com uma queda significativa de 1,6% nos cinco primeiros meses do ano, revertendo, portanto, a expansão de 0,5% registrada no primeiro trimestre de 2014.

Na comparação com abril, 15 dos 24 ramos investigados tiveram queda na produção. Entre as atividades, as principais influências negativas foram registradas por produtos derivados do petróleo e biocombustíveis (-3,8%) e veículos automotores, reboques e carrocerias (-3,9%).

Outras contribuições negativas importantes vieram da menor fabricação de metalurgia (-4,0%), equipamentos de informática, produtos eletrônicos e ópticos (-5,0%), máquinas, aparelhos e materiais elétricos (-2,1%), móveis (-4,4%) e produtos de borracha e de material plástico (-1,4%).

Por outro lado, entre os oito ramos que ampliaram a produção, os principais desempenhos foram em indústrias extrativas (1,4%), produtos alimentícios (1,0%) e produtos do fumo (18,5%).

Fonte: R7.com